Tablets prejudiciais às crianças

Tablets e smartphones prejudicam crianças até aos três anos.
Uso frequente de aparelhos de ecrã tátil pode retardar o desenvolvimento da fala das crianças. Um estudo do Cohen Children’s Medical Centre, em Nova Iorque, EUA, revela que as crianças, até aos três anos, que mais brincam com aparelhos ‘touch screen’ (ecrã tátil) têm um desenvolvimento da linguagem mais lento. O que mais chocou os investigadores foi o facto de os pais terem substituído os livros e brinquedos ‘tradicionais’ das crianças pelos smartphones e tablets. Alguns dos inquiridos chegaram mesmo a confessar que já nem dão à crianças, para se entreterem, mais nada além de aparelhos tecnológicos. Apesar de 60% dos pais dizerem que estes têm benefícios educacionais, o estudo não mostra qualquer diferença em relação às crianças que brincam com os brinquedos tradicionais. A idade média com que os bebés começam a mexer nestes dispositivos é de 11 meses, durante cerca de 36 minutos por dia.

In Correio da Manhã, 05.05.2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.